Descubra Todos Os Segredos Sobre Papel De Parede

Se está a decorar a sua casa pode ter descoberto que muitos itens podem ser feitos por nós mesmos, como aplicar ou retirar papeis de parede. Embora possam parecer complicados em um primeiro momento, com algumas dicas podemos dispensar a contratação de profissionais e poupar um bom dinheiro.
Esta tendência de ‘fazer você mesmo’ é o que chamamos de bricolage e está muito em voga atualmente, já que muitas pessoas descobriram que podem, elas mesmas, resolverem questões variadas em seus lares, como decoração, pequenos consertos e até a carpintaria.

No texto de hoje vamos lhe ajudar a decorar melhor a sua casa, compreendendo tudo o que se relaciona com os papeis de parede.

Papel de parede: como escolher?
Antes de mais nada é fundamental que você escolha corretamente o papel de parede que mais seja indicado para a sua residência. Na hora de escolher as cores e estampas, considere o tamanho do cômodo e o uso da parede em questão.

Cômodos menores e que recebem pouca luz natural devem prezar pelo uso de papeis de parede mais claros ou em tons neutros, que ajudam a dar a sensação de maior amplitude ao ambiente e não deixam o local abafado.

Além disso, é importante atentar aos diferentes materiais de que são feitos os papéis de parede. Veja alguns dos mais usados em lares:

+ TNT: sua característica principal é a de imitar um tecido, embora o material tenha composição um pouco diferente dos tecidos usuais. A limpeza desse tipo de papel de parede deve ser feita apenas com detergente.

+ Vinílico: é fabricado em PVC e tem como característica a alta resistência à luz e à umidade, sendo a escolha mais correta para ambientes húmidos. São muito duráveis e de fácil limpeza.

+ Tradicional: por ser composto de celulose, podemos dizer que de fato este é um verdadeiro papel para a parede. Por isso, seu uso é recomendado em locais secos e a limpeza deverá ser feita apenas com pano húmido.

Saber o tipo de papel de parede que se está a comprar é muito importante, pois cada um deles poderá ser aplicado de maneiras diferentes, como usando cola ou com adesivos.

Outro item que você deve considerar antes da compra é a quantidade necessária de papel de parede, isso evita desperdícios e também a falta de material na hora da aplicação.

Alguns fabricantes comercializam os papéis por metro linear, enquanto outros os vendem por rolos. Na hora de medir a parede em que irá aplica o papel, considere também a altura do rodapé e do forro de gesso ou moldura e pense no encaixe perfeito dos desenhos. O ideal é sempre calcular, em média, 20% a mais da metragem.

Um cálculo que você pode fazer na hora de decidir a quantidade de rolos é:

(largura x altura da parede)/ (largura x altura do papel de parede) = quantidade de rolos

Como aplicar o papel de parede?
Antes de mais nada, inicie o processo preparando a cola universal. Para isso, utilize 1,5L de água para 30g de cola. Depois, dilua toda a cola em um pouco de água e misture. Quando notar que o líquido está uniforme, acrescente o restante da água e misture novamente. Deixe a mistura descansar por cerca de 30 minutos.

Claro que essa cola deverá ser usada apenas nos papeis de parede que não possuem autocolantes.

Separe as ferramentas que você usará no processo:
1 trena
1 balde para a cola
1 escova
1 fio de prumo
1 rolete
1 estilete
1 escada
1 lápis
1 espátula lisa (de preferência de plástico)
1 trincha
1 pano limpo
1 régua de 60 cm
Antes de iniciar a aplicação, certifique-se de ter desligado a energia eléctrica do cômodo. Não se esqueça de retirar os espelhos das tomadas, os pregos e os parafusos; de limpar e deixar a superfície da parede lisa e de proteger a mesa ou o chão onde você irá usar para cortar o papel.

+ Passo a passo da aplicação:

Medir a superfície
Inicie a aplicação medindo a parede em que irá colocar o papel. Defina o comprimento das faixas tirando a medida da altura da parede e acrescentando 10 centímetros no valor final. Esse detalhe é muito importante na hora do acabamento.

Corte o papel
Depois de ter as medidas, corte o papel de acordo com elas (lembrando de adicionar os 10 centímetros extras). Nesse momento é importante prestar atenção aos desenhos do papel, já que cada faixa deverá ser cortada de modo igualar-se com o desenho anterior. Naturalmente, esse processo causará perdas no papel, por isso siga a regra de comprar sempre 20% a mais da medida.

Uma forma de conseguir dar continuidade ao desenho é numerar a parte de trás do papel, de maneira a criar uma sequência lógica.

Determine os pontos de instalação
De posse das tiras, oriente-se no espaço. Marque uma linha de prumo na parede para a orientação vertical e desenhe um pequeno tracejado com o acréscimo de 1 centímetro na largura da faixa que será aplicada.

Use a cola
Esse é o momento em que você vai começar a aplicar a cola nas tiras de papel. Para isso, use uma mesa de apoio ou até mesmo o chão. Apenas não se esqueça de proteger esses locais.

O indicado é que você passe uma demão de cola, a princípio em apenas metade da faixa, no sentido centro-extremidades. Em seguida, dobre a parte com cola sobre si mesma e repita o processo na outra metade.

Antes de partir para o próximo passo, deixe o papel descansar de 1 a 2 minutos para que possa absorver totalmente a cola.

Coloque o papel na parede
Comece pela parte superior, desdobrando e colando o papel. Depois, desenrole-o até a parte inferior. Não se esqueça de seguir a linha marcada com o prumo e deixe sobrar cerca de 5 centímetros de faixa nas extremidades.

Alise com as mãos e a escova
Este é o momento de retirar as bolas de ar e imperfeições. Comece com as mãos e depois use a escova para as menores que sobrarem. Use a espátula para retirar o excesso de cola, sempre do centro para as bordas.

Na hora de colocar a outra faixa de papel, siga os mesmos passos, e atente-se a sequência dos desenhos. Para que as emendas não fiquem marcadas não sobreponha as faixas.

Para finalizar, use a espátula e pressione os vincos e cantos do rodapé e do teto. Use o estilete para cortar as sobras. Depois, passe uma demão de cola sobre as juntas com o rolete. Mas, caso esteja a usar papeis de parede brancos, não realize esse processo pois poderá deixa-los amarelados.